M
 

26/06/2013   | ASCOM - Texto: Márcia Vieira | Fotos: Márcia Vieira | Webdesign: Edson Gouveia

Audiência Pública discute

situação de animais nas

ruas de Montes Claros

Representantes municipais, órgãos públicos,ONG´s, vereadores e sociedade civil estiveram reunidos na Câmara Municipal de Montes Claros para debater situação de animais soltos pelas ruas da cidade.A proposta partiu do vereador Sérgio Pereira, a partir de demanda da sociedade, que busca consenso no que se refere ao destino destes animais.

O Centro de Controle de Zoonoses trabalha com foco nas enfermidades apresentadas pelos animais recolhidos, como a leishmaniose visceral e raiva. De acordo com Edvaldo Freitas, representante do CCZ, o número de cães levado pelos proprietários é até maior do que a quantidade de cães recolhidos pela carrocinha.

Freitas fez ainda um alerta: “Falta conhecimento por parte da população, principalmente sobre a posse responsável do animal. O cão doente deve ser levado ao veterinário e não solto na rua”, diz. E complementou: “O CCZ só recebe o animal se houver o laudo do veterinário atestando que o cão está doente e precisa da eutanásia, que só ocorre em último caso”.

Bárbara Honorato, secretária do Conselho de Proteção e Bem Estar Animal revelou que uma das preocupações refere-se à castração: “Solicitamos que o poder público impedisse a matança dos cães, que eram cerca de 600 por mês. Hoje já não ocorre a matança, mas os cães ficam nas ruas. A castração evitaria a proliferação. Posteriormente, buscaríamos um meio de colocá-los para adoção”.

Para o secretário Adjunto de Meio Ambiente, Edvaldo Marques, o interesse pela causa faz sentido: “Todo mundo está preocupado e as ONG’s aqui representadas disseram que há muitos projetos prontos. Sugiro então que se crie uma comissão para torná-los viáveis, com membros das instituições de defesa dos animais, poder público e universidades”, declarou.

O autor da proposição da audiência disse que “o encontro valeu a pena sim. Acredito que depois desta reunião teremos um dado mais real. Com as várias sugestões, que é o objetivo da audiência pública, chegaremos a uma conclusão”.

A cidade de Montes Claros conta hoje com quatro ONG’s voltadas para a proteção dos animais: Amigo do Bicho, Instituto Vida Animal, Apelo Canino e Grupo de Amparo aos Animais. Entre as alternativas discutidas está a criação de um centro para tratar, abrigar e disponibilizar os animais para adoção.

 


 

_________________________________________________________________________________________
     Av. Cula Mangabeira, 211 - Centro - CEP: 39.401-002   |   (38)3229-3000   |  Montes Claros - MG-Brasil
     © Copyright 2013 www.montesclaros.mg.gov.br
 
   Design | ASCOM-PMMC - 2013