Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico,
Turismo e Tecnologia
 
Gerência de Turismo e Eventos > Divisão de Desenvolvimento do Turismo

Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São José
Localizada na Praça Doutor Chaves, Centro.
É a igreja mais antiga da cidade. Sua paróquia foi fundada em 1832 e em 1859 teve início sua construção. Possui fachada com um corpo central e duas torres sineiras laterais. Suas torres têm cunhais marcados em massa à semelhança de pedra e três aberturas coladas na base, uma janela na altura do coro e demais janelas em verga de arco pleno.
De original só restou sua porta de acesso central, em verga de arco batido. Tudo ainda é conservado em bom estado. Duas imagens de madeira de Nossa Senhora da Conceição e São José fazem parte do seu acervo de bens móveis.
Sofreu muitas interferências no seu projeto inicial, devido às várias reformas que sofreu ao longo dos anos.

Palácio Episcopal
Localizado na Praça Doutor Chaves, 52, Centro
O Palácio Episcopal data de 1910. Foi construído para ser a residência do primeiro Bispo de Montes Claros, Dom João Antônio Pimenta. Sua construção mostra certa simplicidade plástica, ligada às propostas do Neoclássico, porém de grande valor estimativo local e imponência relevante na ambiência urbana.
Implantado no alinhamento da via, ocupa toda a seção transversal do lote, desenvolvendo-se em dois pavimentos cobertos em quatro águas de telha francesas. O pavimento térreo possui uma porta acentuada, verga curva, utilizada como entrada principal e acesso ao hall que conduz ao pavimento superior. Duas portas secundárias levam aos cômodos de serviço da Diocese. No pavimento superior observam-se sete janelas rasgadas por inteiro, guarda copos entalhados e balaustres de madeira torneada.
Possui no seu interior, no primeiro pavimento, pequena capela onde se observam pinturas parietais executadas pelo pintor Zino Oliva, entre 1948 e 1951.

Catedral Nossa Senhora Aparecida
Clique na imagem para ampliarLocalizada na Praça Pio XII, Centro.
Sua construção foi iniciada na década de 20 e concluída em 1950. Tem características arquitetônicas no estilo neogótico, trazendo como elementos significativos o verticalismo, a rosácea, os vitrais, as terminações em agulha e o emprego de rendilhados e relevos na ornamentação exterior.
Sua estrutura externa possui uma torre central e duas menores nas laterais, todas as suas janelas são de vitrais coloridos com detalhes dourados e prateados e nos altares com representações das famílias nobres da época da construção, sendo o teto em abóbada de berço mensurado, sem decoração. Recentemente recebeu algumas restaurações e pintura nova, além de uma reforma que mudou o piso, mas suas características originais se mantêm inalteradas.
Foi tombada pelo decreto de 28 de setembro de 1999.

Santuário Bom Jesus
Localizada na Praça Bom Jesus, Centro.
No local onde está hoje o Santuário de Bom Jesus existia inicialmente a Capela da Cruz das Almas ou simplesmente a Capela das Almas. Foi iniciada pela mãe do Sr. Milimias Alves Teixeira – devota fervorosa das almas do purgatório. Sua construção foi concluída em 1919.
A edificação apresenta características com referência ao estilo neogótico, observando que sugerem verticalização do edifício, vitrais alongados, arcos ogivais e torres com terminação em forma de agulha.
O Santuário Bom Jesus foi tombado pelo Decreto-Lei de 28 de setembro de 1999, no intuito de preservar a sua história e seus traços arquitetônicos para as gerações futuras.

Capela de Nosso Senhor do Bonfim

Clique na imagem para ampliar Clique na imagem para ampliarLocalizada na Praça do Morrinhos, Alto dos Morrinhos.


A Igrejinha dos Morrinhos, como é conhecida, foi construída para pagar uma promessa de Dona Germana Maria de Olinda, com dinheiro que angariou de esmolas. É um dos cartões postais da cidade. Foi inaugurada em 14 de setembro de 1886. De edificação colonial simples e rústica, com decoração interior bastante singela, está localizada na Praça do Morrinhos, um lugar privilegiado, de onde se tem uma magnífica vista panorâmica da cidade. Possui apenas uma torre com sino e uma cruz de madeira em seu topo, parede de adobe, portas e janelas de cedro e pilares de aroeira. Seu altar com entalhes de madeira, feito por artistas anônimos, é todo pintado em azul e rosa com detalhes dourados. Seu piso interno é de madeira jatobá. Na parte central se encontra a lápide com os restos mortais de sua benfeitora. No mirante, ergue-se um grande cruzeiro de madeira. Apesar das várias reformas, conserva sua arquitetura original.

 

 
© 2005 Prefeitura de Montes Claros. Todos os direitos reservados.